CMDR fernandofilipe86 profile > Logbook

Profile
Commander name:
Current ship:
Moby dick [Fer-86]
(Beluga Liner)
 
Member since:
Sep 19, 2018
 
Distances submitted:
0
 
Systems visited:
1,862
Systems discovered first:
846
Log21 - DW2 15/05/3305)

Faz hoje precisamente 4 meses que embarquei nesta ambiciosa expedição. Quis o destino que às 00:15h deste dia a Krait Phantom MARGARETE II entrasse nas portas da capital da Portuguese Royal Navy! Depois de milhares de sistemas visitados ao longo de quase 200000ly, voltei a casa! A sensação é única. Só olhando para o mapa da galáxia temos a noção de que esta foi realmente uma viagem épica. Não há palavras que possam descrever a sensação que é ter estado no ponto mais afastado da galáxia, 500ly para lá de Beagle Point. Olhar para o mapa e não existir mais nada, o fim da Via Láctea, a mais de 65000ly de casa. Imaginar que ao longo desta viagem o menor erro teria-me custado 4 meses de trabalho. A frota está toda de parabéns. Não é para menos, foram mais de 13000 pessoas, das quais espera-se entre 4 a 5 mil sobreviventes. Aos outros, que tentem para a próxima, se tiverem endurance para o fazer. Não é fácil, não é mesmo! É preciso uma enorme força de vontade e concentração para não deitar tudo a perder. A viagem valeu a pena! Não pelo decalque, isso é apenas o "prémio". Valeu a pena porque agora posso dizer que fui das raras pessoas que foi e voltou. Valeu a pena porque onde quer que vá a partir de hoje, será sempre mais perto, não dá para estar mais longe. Valeu a pena por tudo o que vi ao longo desta viagem e pelo esforço da comunidade na construção da estação em Sagitarius A. Enfim, valeu mesmo a pena e se oficialmente a Distant Worlds II tinha terminado em Beagle Point, hoje é o dia em que acaba, definitivamente. Ponderei guardar a Krait no museu, exactamente como chegou. No fim de contas comprei e preparei esta nave exclusivamente para esta viagem, para a viagem de uma vida. Mas não! a minha fantástica companheira ainda tem muito para ver e já está a ser reparada e repintada para tudo aquilo que o futuro nos trouxer. Como homenagem deixo a matrícula original - DW2-FE - e o logotipo da DW2.

Em relação ao futuro não sei o que me reserva. Planos tenho muitos e vontade de os executar também. Mas neste momento quero descansar e usufruir deste fantástico momento. Adeus Distant Worlds 2.

FIM

Log20 - DW2 14/05/3305)

Está quase! Estou a 12000ly de Jamanu. Têm sido uns dias muito tranquilos mas estou a ficar impaciente. Desde que a Dw2 começou, já fiz quase 200000ly e faltam-me apenas 12000 para fazer a viagem de ida e volta a Beagle Point. Quando passei por Colonia estive a um triz de docar a nave, mas felizmente que não o fiz! Se a viagem começou em Jamanu é em Jamanu que deve acabar! Os planos acumulam-se e tenho tanto para fazer após chegar, mas neste momento, acho que apenas quero um Lavian Brandy!

Log19 - DW2 11/05/3305)

Ontem foi um dia bastante produtivo. Com a saída do Abismo o número de neutron stars aumentou consideravelmente e em poucas horas viajei cerca de 7000ly. Neste momento estou em Oumbasms MX-Y b41-1, um sistema que fica bem no meio de STYX. Outra vez Styx. É verdade que estou finalmente em velocidade cruzeiro, é também verdade que me tinha esquecido desta região. Uma zona perigosa, num vazio tremendo. Quase não há estrelas de neutrões e os próximos 8000ly serão feitos da maneira tradicional até chegar ao próximo ponto de paragem, bem acima do plano galáctico. Descobri esta zona na primeira vez que vim a Colonia. A cerca de 1400ly acima do plano galáctico existe uma densidade brutal de estrelas de neutrões. Desde que saí de Beagle, tive sempre este como ponto de partida até à bolha. são 40000ly sempre por neutron stars e já só estou a 8000ly de lá.
Sempre soube que a viagem ia ser muito difícil, especialmente a viagem de volta. Era muito fácil destruir a minha Krait e em poucas horas estava em Explorers Anchorage. Fazia a viagem até Colónia, voltava a destruir a nave e estava na bolha. Mas são milhares de terabites de informação. Centenas de sistemas descobertos. Perder isso tudo seria apagar a parte mais importante de toda esta viagem.

Log18 - DW2 10/05/3305)

Já há uns dias que estou no caminho de volta para Jamanu. Tenho recebido as novidades através do Cmdr FAPS. A Bolha continua sob ataque cerrado Thargoid e talvez o regresso dos sobreviventes da DW2 seja o necessário para ganhar esta guerra. Encontro-me neste momento em Truechiae OI-B d13-111, a 35000ly de Colonia. O Abismo já ficou para trás e já estou definitivamente na Neutron Star Highway. Dei por mim a pensar, já que estou a voltar para casa porque não passar por Colonia? Sem dúvida que é um caminho mais seguro. Pelo menos um que conheço.

Log17 - DW2 (26/04/3305)

O relógio marcava 11:26h do dia 26 de Abril de 3305, quando a Margarete II, após quase 100000ly de viagem, entrava no sistema Beagle Point. Independentemente do que acontecer daqui para a frente, é o fim da Distant Worlds 2 para mim. É certo que a viagem ainda vai a meio, que ainda faltam quase 100000ly para voltar para a bolha, mas é certo que já não o farei segundo Waypoints pre definidos ou na companhia das centenas de comandantes que fui encontrando nesta viagem. Estou a 40000ly da estação mais próxima por isso os próximos dias serão para verificar toda a estrutura e módulos da nave. Assim que estja tudo ok, o próximo destino será Oevasy SG-Y d0 (Semotus Beacon), a 500ly de onde estou. Este sistema é o ponto mais afastado conhecido até hoje na Via Láctea! Depois ou vou directo para Colónia, ou faço uma volta por outra zona da galáxia directamente para a bolha. Mas seja como for, obrigado Distant Worlds 2 e até a uma próxima!

Log16 - DW2 (24/04/3305)

Parti ontem finalmente para o ultimo trecho da viagem. Beagle Point encontra-se neste momento a sensivelmente 8000ly de distância mas esta ultima fase da viagem está a ser mais complicada do que imaginava. O meu AFMU esgotou-se e eu não dei por isso. Não fosse o computador de bordo a avisar-me que existia uma falha no FSD e neste momento já tinha sido dizimado por uma das raríssimas newtron stars que por aqui aparecem. Esta zona da galáxia é numa palavra, desoladora. Como expliquei ao cmdr Ultima numa das raras vezes que consegui abrir um canal de comunicação ao longo de 55000ly, não há estrelas no céu! Para ajudar, encontrei pelo caminho uma zona Permit Locked. Bati de frente com o BLEIA/PRAEI SECTOR. Estranho encontrar uma zona destas por aqui. Uma esfera com mais de 2000ly de diâmetro que sabe-se lá o que esconde. Seja como for, continuei e à medida que me aproximo de Beagle, as newtron stars vão ficando mais escassas e a distância entre estrelas cada vez maior.

Log15 - DW2 (22/04/3305)

Passaram 10 dias e ainda não consegui sair de Luna´s Shadow. Finalmente Beagle Point está à vista,com o comando da frota a já ter definido Beagle Point como a próxima e última paragem, ou seja a expedição já chegou ao fim e basta-me chegar a BP para a expedição acabar para mim. Amanhã dou inicio à minha ultima parte da viagem.

Log14 - DW2 (12/04/3305)

Olá Styx!Adeus Styx! Cheguei a Luna´s Shadow são e salvo! Foram quase 20000ly por um vazio tão profundo que eu jamais imaginaria que existisse. Deixa-me perplexo pensar como é que o Cmdr Erimus passou por aqui num período pré tecnologia guardian e pré engenharia. Numa altura em que um jump range de 35ly era notável. Chegar ao WP10 foi fácil, foram 2700ly bastante tranquilos com newtron stars por praticamente todo o caminho. Pouso a nave para fazer reconhecimento ao local que na semana anterior tinha visto chegar e partir a frota de 13000 naves e vejo ao longe, atrás de um rochedo enorme um SRV completamente destruído. Segundos depois uma Anaconda surge no horizonte. Vinha em paz e tinha decidido ficar para trás para avisar todos aqueles que ainda não tinham partido para o abismo. A viagem até aqui foi uma brincadeira de crianças disse-me ele. Um veterano da Distant Worlds I com mais de 1000000 de anos luz de viagem. Basicamente avisou-me que iria entrar em duas zonas completamente distintas, BOREAS, uma região riquíssima em estrelas e depois um abismo chamado STYX. O problema como devem calcular estava em STYX. Contou-me histórias de milhares de comandantes desaparecidos, presos para toda a eternidade naquela escuridão. A razão? as newtron stars! Imaginem-se numa nave que salta 35ly. Uma newtron star permite-vos saltar mais de 140ly o que é fantástico. Agora imaginem que se descuidam e saltam para uma estrela a 40/50ly da mais próxima e sem jumponium. Ficam presos e mesmo que alguém consiga lá chegar, é impossível tirarem a vossa nave dali. De certa forma estava descansado com uma nave que salta 60ly mas não foram uma nem duas vezes que ia ficando preso! É que a principal armadilha do STYX nem é ficar preso num sistema. São as largas distâncias sem encontrar uma estrela que dê para fazer fuel scoop. É assustador fazer 500ly sem encontrar uma estrela que seja onde consiga combustível. Cheguei são e salvo mas tenham cuidado, muito cuidado!

Log13 - DW2 (10/04/3305)

Faz hoje uma semana que deixei Sagitarius A. Enquanto escrevo estas palavras, penso em como teria sido esta viagem sem um AFMU. As Newtron Stars pouparam-me centenas de Saltos e a nave, graças ao AFMU encontra-se em forma e pronta para o que aí vem. Neste momento estou parado em Phroi Bluae QI-T e3-3454 (Cerulean Tranquility), o Waypoint 9. A boa notícia é que apenas 3500ly me separam do WP10. A má são os mais de 17000ly que me separam de Luna´s Shadow, o ultimo ponto de paragem antes de Beagle Point. Acreditem, foi rejubilante para mim ter recebido a notícia de que todos os Waypoints já estão definidos. Significa isto que o fim aproxima-se e posso perfeitamente ir até Beagle Point e esperar lá pela frota. Nos próximos dias, assim que tenha tudo em ordem, parto para uma viagem inimaginável pelo vazio. São 31000ly até BP apenas com uma paragem pelo meio.

Log12 - DW2 (02/04/3305)

Hoje foi dia de deixar Sagitarius A. Confesso que a partir daqui acabaram-se os passos em falso e "actividades radicais". Tudo vai ter que ser extremamente ponderado pois entrei oficialmente na Dark Side of the Galaxy. A zona desconhecida, onde poucos foram e ainda menos voltaram. Acabou-se a civilização, estações para reparar e todas as comodidades que a frota teve até aqui. O meu próximo destino, Hypiae Phyloi LR-C D22 (A2 Geosite 2) é a base para uma subida de 300ly até ao sistema Swoals IL-Y e0 (B1 Coordinates : 59.5882 / -55.9190), o famoso Goliath’s Rest. Vou parar nos dois sistemas mas daqui para a frente espero não demorar muito até apanhar a frota da DW2. Eles estão 7500ly mais à frente o que não é uma distância considerável, mas mesmo assim, e sabendo que o próximo WP ficará a mais de 10000ly de distância, chegou a altura de apanhar o barco novamente.